FANDOM


Alegação Editar

A evolução implica que animais sofreram e morreram por bilhões de anos antes que o primeiro ser humano aparecesse. Isso implica que Deus não é um Deus de misericórdia e graça.[1][2]

Resposta Editar

A evolução assume que as condições de dor e sofrimento de todos os animais no passado são basicamente as mesmas que nos dias de hoje. Se morte e sofrimento há bilhões de anos significa que Deus é cruel, ele continua sendo cruel nos dias de hoje. Criacionismo não resolve o problema, pois Deus ainda permite a morte e sofrimento até hoje, esperando a redenção chegar.

Crueldade ao longo de bilhões de anos é crueldade, e crueldade ao longo de milhares de anos também é crueldade.

As desculpas dadas do porquê Deus permitir o sofrimento no mundo geralmente são: “Deus sabe o que faz”, “Deus age de forma misteriosa”, ou “não podemos julgar a Deus”, ou ainda “não cabe a nós dizer como Deus deve agir”, etc.

Se você acha que alguma dessas desculpas, ou ainda outras, são satisfatórias para explicar o problema do sofrimento por milhares de anos, elas devem ser satisfatórias para explicar o sofrimento por bilhões de anos.

De qualquer forma, nenhuma crença pessoal muda o fato das coisas serem como elas são. Ou seja, a evolução é real: aceitando-a ou não.

ReferênciasEditar